Dicas básicas de segurança contra incêndio para cada local de trabalho

O fogo em um local de trabalho pode comprometer a segurança dos funcionários e do público e, portanto, os funcionários devem ser educados sobre medidas preventivas. Todo trabalhador deve estar familiarizado com os riscos de incêndio e informações de segurança, além da medida de precaução para minimizar possíveis vítimas e danos materiais em caso de incêndio. Embora a natureza de um negócio possa ditar como se deve preparar seu local de trabalho, aqui estão as dicas fundamentais para garantir a segurança e a prova de fogo.

Perigos comuns de incêndio

Os mais culpados de incêndio em um escritório incluem equipamentos elétricos, de aquecimento e de cozinha. Problemas elétricos resultantes de incêndios no local de trabalho são causados ​​por equipamentos defeituosos, tomadas sobrecarregadas e fiação danificada. Aparelhos elétricos defeituosos podem resultar em incêndios no local de trabalho e, portanto, é necessário verificar sua integridade.

O superaquecimento pode causar incêndios nos locais de trabalho. Portanto, os aquecedores não devem ser deixados sem vigilância ou próximos a substâncias inflamáveis, pois podem iniciar um incêndio. Além disso, os locais de trabalho com cozinhas devem treinar seus funcionários para não deixar utensílios de cozinha sem vigilância.

Precauções de segurança de emergência

Uma vez que um funcionário descobre um incêndio, ele deve emitir um alerta ativando o alarme de incêndio. A evacuação imediata do edifício deve seguir calmamente em direção à saída de incêndio e reunir-se em ponto acordado para verificar a segurança dos colaboradores. Se preso dentro do prédio em chamas, deve-se procurar maneiras de evitar o acúmulo de fumaça. Além disso, os indivíduos presos devem procurar maneiras de pedir ajuda através das janelas e relaxar para diminuir seus batimentos cardíacos.

Dicas para preparar o fogo

Em primeiro lugar, como meio de prevenção de incêndios, o local de trabalho deve ser mantido limpo e arrumado para mitigar várias ameaças, principalmente se você manusear principalmente substâncias inflamáveis. Trabalhar com materiais combustíveis, como papel e panos oleosos, exige segurança e longe de chamas. Em segundo lugar, a manutenção de fiação elétrica e equipamentos defeituosos é essencial na prevenção de incêndios. Portanto, o local de trabalho deve ter um especialista em eletricidade para reparar os aparelhos e conexões defeituosos e evitar faíscas ou superaquecimento.

Além disso, minimize a superlotação da sala do painel de controle para melhorar a visão e o acesso durante emergências. A sala deve ter marcações visíveis para melhorar a identificação rápida. Os locais de trabalho devem instalar sistemas que promovam o armazenamento adequado e seguro de produtos químicos. Os produtos químicos inflamáveis ​​incluem materiais de impressão e produtos muitas vezes guardados nas salas de limpeza. Portanto, os trabalhadores devem armazenar todos os produtos químicos de acordo com as instruções do fabricante e seguir as fichas de dados de segurança disponíveis.

Ambientes de trabalho com substâncias altamente inflamáveis, como tanques de oxigênio, são suscetíveis a faíscas de ferramentas e fumaça. Portanto, é necessária a colocação de sinais claros que destaquem os perigos de fumar ou usar ferramentas de faísca em tais locais. Outras medidas incluem rotular as saídas de incêndio, restringir o uso de alguns aquecedores, conhecer a capacidade do local de trabalho e testar regularmente os alarmes e detectores.

Por fim, certifique-se de que os planos de risco e segurança do local de trabalho sejam aprovados. Uma consulta detalhada sobre avaliação de risco proporciona continuidade de negócios e proteção de vida e propriedade. Além disso, as avaliações de risco indicam áreas que não atendem aos padrões de segurança contra incêndio e propõem as medidas necessárias para melhorar a segurança contra incêndio.

Treinamento de funcionário

O nível de treinamento que os funcionários recebem em segurança contra incêndio determina sua segurança no caso de um incêndio. Os tipos de ocupação, em parte, determinam o nível necessário de treinamento. Por exemplo, eletricistas e soldadores precisam de altos níveis de treinamento contra incêndio, enquanto os funcionários de escritório exigem treinamento regular em prevenção e segurança. Os funcionários devem estar cientes dos perigos e fontes potenciais no local de trabalho, saídas de emergência, simulações de incêndio e uso de extintor.

Os empregadores devem realizar simulações de incêndio regularmente para promover o reconhecimento e a evacuação em caso de incêndio. Os exercícios permitem que os trabalhadores identifiquem erros e corrijam deficiências dos planos de evacuação em tempo hábil. A administração pode contratar bombeiros para supervisionar a simulação e melhorá-la.

Equipamento

Todos os equipamentos de segurança devem estar abertos, evitando obstruções como mesas. Tais dispositivos incluem sistemas de sprinklers, alarmes de fumaça, saídas de incêndio, alarmes e extintores. A gerência deve instalar alarmes de fumaça em todas as instalações, testá-los regularmente e trocar as baterias anualmente. Além disso, a consistência das potenciais ameaças e equipamentos é necessária, pois cada área requer abordagens diferentes para lidar com o tipo de incêndio.

Existem diversos tipos de sistemas de supressão que incluem produtos químicos secos, produtos químicos úmidos e dióxido de carbono. Os supressores químicos secos extinguem líquidos combustíveis encontrados em salas mecânicas, de armazenamento e fornos. Por outro lado, os supressores químicos úmidos são uma espuma de vapor que suprime a re-ignição em áreas como cozinhas, enquanto o dióxido de carbono é normalmente usado em um computador ou sala de arquivo para conter um incêndio.

Os extintores vêm em diferentes classes, dependendo do fogo que podem extinguir. A classe A é marcada com um triângulo verde e encharca substâncias combustíveis comuns, como papel e plástico, enquanto a classe B encharca líquidos inflamáveis, como óleo e tinta. As classes C, D e K apagam aparelhos elétricos energizados, ligas de metal combustível e meios de cozimento como graxa. Alguns extintores podem extinguir um ou mais tipos de fogo ou materiais, como os extintores ABC.

About admin

Check Also

História do extintor de incêndio – Descubra quem inventou o extintor de incêndio

O extintor de incêndio portátil é um aparelho essencial em todos os locais de trabalho …

Bir cevap yazın

E-posta hesabınız yayımlanmayacak.